De barato – O Rogérinho e eu somos família.

Rogério Paulo Serrador na breve carreira que leva como treinador de futsal conquistou já um apreciável número de títulos.
Para lá do sucesso desportivo, o jovem técnico nazareno tem realizado palestras e opinado no sentido de elevar ainda mais esta modalidade que é a segunda actividade desportiva no que toca a adeptos e praticantes no nosso país.
Foi pois de forma natural eleito pela Associação de Futebol de Leiria em Setembro passado, o melhor treinador de formação no distrito de Leiria.
No mesmo mês de Setembro, na Assembleia Municipal, o grupo do Ps decidiu propor um voto de louvor público ao técnico, assim como, aos atletas de futebol de praia, João Delgado, Bruno Novo e Jordan Santos.
Sem ligação, não por distracção, tão pouco por desfasamento e oportunidade temporal, em reunião de Câmara do dia 4 de Outubro, o executivo municipal votou por unanimidade um outro agraciamento aos atletas de futebol praia, deixando de parte o treinador de futsal.
O historial de louvores por parte da Câmara Municipal da Nazaré apesar de não haver critérios definidos para a atribuição é extenso, o que denota generosidade do Município em agraciar quem no entender de cada executivo merece a distinção.
Devido a isso mesmo estranhei o “apagar” do nome do Rogérinho deste voto de louvor na sequência do outro.
Talvez o regulamento anunciado para objectivar estes reconhecimentos ao nível do desporto, venha a pôr cobro a este tipo de deselegância que fica no ar.
Uma coisa é certa, à luz do regulamento poderemos vir a perceber a não atribuição do voto de louvor ao treinador do Casal Velho, o gesto, perdurará.
É que a elegância, está por vezes, enferma de deselegantes.

Anúncios