http://www.cybercrime.tv/group/cyberbullying#axzz0hIpCVKiK
Os casos recentes de bullying e cyberbullying parecem de alguma forma ter conduzido à proposta que a Confap apresentou ontem ao Ministério da Educação no âmbito da revisão do Estatuto do Aluno, propondo multas pecuniárias e no limite percas de apoio social por parte das famílias cujos alunos sejam autores de comportamentos violentos.
Este tipo de responsabilização que Albino Almeida preconiza, parece ser o “canto do cisne” da Educação. É ao mesmo tempo um encolher de ombros face a uma deterioração contínua do Ensino em Portugal.
Não conseguindo motivar e chamar as famílias a acompanhar educandos, quanto mais a participação enquanto comunidade educativa, pague-se, e se caso disso for, corte-se no rendimento de inserção social, que curiosamente tem esse propósito e ilusão nobre de garantir um mínimo que permita o limiar da recuperação dos indivíduos para a cidadania. Neste ponto em particular o presidente da Confap colherá muito apoio.
Culpa minha, ainda tenho a visão romântica que na Educação, na Instrução e Formação dos cidadãos assenta um futuro melhor para todos nós, como se provas fossem necessárias do perigo desta crença.
Culpa maior, gosto de acreditar que alunos violentos tendem a ser “vitimas” de famílias destruturadas, problemáticas, disfuncionais e ou, claro, de degradação económica.
Nesta linha crer que penalização pecuniária ou serviço civil significa responsabilização familiar é uma relação causa efeito em que não alinho.
A Confap acerta quando argumenta “Os paradigmas sociais e familiares mudaram e com eles novas formas de comportamentos e de atitudes surgem todos os dias”, mas falha na solução preconizada.
Por cá o nosso “A Escola e a Família de Mãos Dadas”, não confrontado com casos graves de violência, não está imune a alunos indisciplinados, a balburdia nos refeitórios/cantinas, a encarregados ausentes apesar das cartas registadas com aviso de recepção, a desafios à autoridade dos professores. Ainda assim, alguém pensa que o caminho se faz com multas?
Alguém acredita que uma Família se estrutura e recupera para a Escola com castigos?

Anúncios